Buscar

Conhecendo Arzyn: Ygav-Kor e Torun-Kor


Olá, pessoal! Aos poucos passarei aqui para o blog as informações das publicações nas redes sociais acerca do mundo de Arzyn. Espero em algum momento publicá-las em concomitância no instagram/facebook e aqui. Vamos a elas:



Ygav-Kor e Torun-Kor


A partir de dois novos irdranni, os Primevos buscavam o nascimento de novas raças, a habitação do mundo e o enfraquecimento da dualidade entre luz e sombra na criação.


Seguindo as ordens de Gheen-Yra e Torth-Gar à risca, Ygav-Kor desenvolveu uma energia própria, com a qual originou sua obra-prima. Adaptável aos domínios dos astranni e seus elementos, bem como à luz e à sombra de Esha-Nar e Aruv-Nar, a natureza surgiu no mundo. Plantas, animais e organismos, dos imperceptíveis aos gigantescos, preencheram paisagens e levaram vida para o mundo de uma maneira que nem mesmo os Primevos julgavam possível.


Os astranni, entretanto, não receberam bem o quanto a natureza entranhou e modificou as suas próprias criações. Dos confins marítimos aos picos mais altos, a obra-prima de Ygav-Kor encontrava seu espaço. Os Primevos apaziguaram a revolta dos elementos, afirmando que as modificações na arquitetura original representavam um preço baixo ante o desenvolvimento do mundo.


Enquanto Ygav-Kor envolvia a criação com sua energia verde, o outro irdranni recém-criado, Torun-Kor, não fez surgir novas raças a partir de si mesmo. Tampouco criou uma energia própria. Ele se voltou para Gheen-Yra e para Torth-Gar, para como o mundo havia sido criado, e passou a estudar a energia primordial, desenvolvendo meios de utilizá-la que seriam ensinados às raças criadas pelos outros irdranni.


Apesar de Torun-Kor ter preferido seguir seu próprio caminho em vez de obedecer ordens de disseminação da vida, os Primevos consideraram a criação de dois novos irdranni um sucesso. Assim, optaram por originar outros quatro: Ishan-Tar, Nazagg-Tar, Tovvan-Tar e Duvogg-Tar.

  • Preto Ícone YouTube